A MENTE DA DOENÇA E O KARMA

Fortalecer o campo emocional ajuda a neutralizar sintomas das doenças

Por Yushan em 24/01/2019 às 17:06:11

Freepik

"O doente não é uma vítima inocente de alguma imperfeição da natureza, mas que de fato é o autor da doença" (Thorwald Dethlefsen). A doença é um estado do ser humano que indica que na sua consciência há uma desordem, ou seja, sua consciência registra que houve perda da harmonia.

A Mente humana é um imenso oceano de energia criadora sujeita a receber impressões tanto da mente consciente, mas, principalmente, da mente inconsciente.  As impressões com interpretação negativa geram sintomas que são apenas transmissores de informação chamando a nossa atenção para a verdadeira dificuldade que se passa em nosso profundo e desconhecido universo interior.

Os sintomas são apenas sinalizadores mostrando dificuldades emocionais que sequer percebemos e, quando percebemos, tratamos de ignorar. Cada doença tem grande relevância, pois permite descobertas essências para o crescimento pessoal e um aprendizado fundamental sobre a mente emocional permitindo a sua transcendência.

Doenças de pele sugerem as seguintes perguntas: Qual é a minha dificuldade para manter contato? Acaso estarei me isolando demais? O que é que de fato está coçando dentro de mim?

Descobrir as causas psicossomáticas das doenças é muito importante, mas a relevância se torna ainda maior quando aprendemos como neutralizar tais venenos fortalecendo e amadurecendo o campo emocional. A isso chamamos Crescimento Pessoal e o resultado é uma saúde perfeita.

Como surge a doença?

Para que se compreenda esse complexo mecanismo é preciso primeiro entender que o homem possui um campo emocional altamente reativo e muito poderoso. Essa reatividade que não tem maturidade para se relacionar com a vida é o seu grande "calcanhar de Aquiles".

Não aprendemos a sentir e esse é o erro mais grave e o crime mais violento cometido contra a vida. Temos uma consciência limitada permeada por energias da mente inconsciente repleta de milhões de informações pulsando diretamente sobre o pensamento e o sentimento humano. Tais informações não nos chegam ao nível da consciência e sim, através de um pulsar, no campo da sensação. É quando sentimos sentimentos que não sabemos a origem e apenas reagimos dizendo que não nos sentimos bem, que alguma coisa está errada com o nosso coração, que estamos tristes apesar de possuir tudo o que é necessário para se viver uma vida intensamente feliz. A recarga de informações sobre as quais não tomamos a menor consciência aumenta segundo a segundo. Algumas pessoas possuem uma estrutura melhor para lidar como as sensações, outras até, nem sentem nada, pois seu nível de sensibilidade está amortecido, mas para aqueles que são sensíveis, almas antigas com nível de evolução maior ou ainda para aqueles com habilidades extra-sensoriais isso pode ser uma bomba relógio prestes a explodir ou a implodir sobre a qualidade de sua vida.